Paróquia de Santana de Cambas

Description level
Fonds Fonds
Reference code
PT/ADBJA/PRQ/MTL05
Title type
Atribuído
Date range
1669 Date is uncertain to 1910 Date is uncertain
Dimension and support
252 u.i.
Extents
252 Livros
Biography or history
A freguesia de Santana de Cambas pertence ao concelho de Mértola, Distrito de Beja.

Santana de Cambas faz fronteira a norte com o concelho de Serpa, a Oeste com a Freguesia de Mértola, Sul/Sudoeste com a Freguesia do Espirito Santo, a Noroeste com a Freguesia de Corte do Pinto e a Este com Espanha.

Igreja com três naves, que apresenta, no interior, retábulos de talha dourada e policroma. O retábulo-mor tem pintura mural e abobada decorada por pinturas murais oitocentistas.

Situada no extremo Este do concelho de Mértola, no seu limite com a fronteira espanhola, entre a margem direita do rio Chança e a margem esquerda do rio Guadiana, no cruzamento dos antigos caminhos que seguiam em direcção à Mina de S. Domingos, Mértola e ainda, os lugares de Alves, Picoitos e Pomarão, a freguesia de Santana de Cambas dista da sua sede de concelho cerca de 15 km.

Ocupando uma área de 166,5 Km², é composta pelos seguintes localidades: Alves, Bens, Formoa, Monte Costa, Montes Altos, Moreanes, Picoitos, Pomarão, Salgueiros, Santana de Cambas, Sapos, Serralhas e Vale do Poço.

O povoamento na freguesia deve remontar ao período de transição do Neolítico para o Calcolítico. No cimo de um outeiro, na confluência do rio Chança com o rio Guadiana foram localizados vestígios de um castro lusitano, que terá sido aproveitado por civilizações chegadas àquele lugar numa época posterior.

Os fenícios, sob a vigilância desse castro, terão estabelecido uma feitoria na margem direita do Guadiana e, nessa época, segundo João de Almeida, já aquele “consistiria num florescente Oppidum, com seu importantíssimo porto fluvial, por onde se fazia uma larga exportação de minérios, explorados nas regiões próximas das bacias do Guadiana e ribeira de Chança”. A partir do ano de 439, os alanos conquistaram aquele lugar, cessando-se o tráfego comercial pelo Guadiana.

Geographic name
Santana de Cambas (paróquia de Mértola, Beja, Portugal)
Custodial history
Esteve na posse da igreja paroquial até à criação do Registo Civil, em 1911, publicada no Diário do Governo nº 41 de 1911-02-20.

Nesta data as paróquias foram obrigadas por lei, a entregar os livros de registos de batismos, casamentos e óbitos às repartições do Registo Civil.

Tendo sido criado em 1965, pelo Decreto nº 46350, de 22 de Maio, o Arquivo Distrital de Beja só viria a dispor de instalações próprias dez anos mais tarde, tendo no ano 1985, 2001 e 2011 sido transferida a documentação para as instalações do Arquivo Distrital de Beja.
Acquisition information
Incorporação proveniente da Conservatória do Registo Civil de Mértola em [1985-04-23;2001-11-13; 2011-09-29]
Scope and content
Constituída pelos registos de baptismo, casamento e óbito celebrados na paróquia de Santana de Cambas. Entre os anos de 1669 a 1910.
Arrangement
Ordenação cronológica, por série.
Access restrictions
Comunicável, sem restrições legais.
Conditions governing use
Reprodução sujeita a restrições atendendo ao número, tipo de documento, estado de conservação. Sujeito à tabela emolumentar em vigor.
Language of the material
por (português)
Other finding aid
ARQUIVO DISTRITAL DE BEJA - [base de dados de descrição arquivística]. [Em linha]. Beja, 2011. Disponível no Sítio Web e no Portal Português de Arquivos. Em actualização.



SECRETARIA DE ESTADO DA CULTURA, ARQUIVOS NACIONAIS/TORRE DO TOMBO, INVENTÁRIO DO PATRIMÓNIO CULTURAL MÓVEL, inventário colectivo dos registos paroquiais, vol. 1 - Centro e Sul, [Lisboa], 1993. ISBN 972 - 8107-08-0